banner
Cercas Vivas

Irrigação para cercas vivas

Irrigação para cercas vivas

A cerca viva é uma opção que o paisagista tem para compor um projeto de paisagismo, são discretas e dão um senso de organização na residência cumprindo com várias funções de acordo com o porte das plantas e posicionamento.

Quais as funções das cercas vivas

Além do indiscutível efeito decorativo que a cerca viva exerce sobre os projetos paisagísticos, as cercas vivas tem mais duas funções no paisagismo: Delimitar espaços e ainda proteger o ambiente que for aplicado.

Podemos, por exemplo, dividir o jardim de um condomínio ou residência em mais de um ambiente, sem barrar a visão de um ambiente ao outro. Somente basta o paisagista usar plantas de baixa altura, assim ainda se pode visualizar os dois ambientes.  Agora se queremos mais privacidade, basta usar cercas vivas mais altas, dessa forma há uma intimidação e obtemos a tranquilidade desejada.

Agora a segurança, conforto e sensação de estar protegido são desejos mais constantes, com as cercas vivas podemos alcançar e saciar tais desejos.  Existem espécies de cercas vivas que podem oferecer um esquema reforçado de proteção, capazes de segurar até gado, como a planta sansão-do-campo.

Mas as cercas vivas podem trazer muito mais do que uma estrutura de proteção a sua casa ou condomínio. Elas mudam o cenário totalmente, tem um valor ornamental exclusivo e que pertencem somente as cercas vivas.

Como plantar cercas vivas no seu condomínio ou residência

Primeiramente você terá que contratar um paisagista e explicar que quer um projeto com cercas vivas, para qual for sua necessidade ou desejo. Assim o paisagista estará ciente das condições do projeto que deverá ser feito para seu condomínio ou residência.

Agora o paisagista terá de preparar o terreno e o plantio das cercas vivas, uma sebe, que é uma das espécies de cerca viva leva em média de 3 a 5 anos para atingir a altura ideal. A uniformidade das plantas é muito importante em cercas vivas, pois se haver uma falha, acaba não validando o seu propósito inicial e acabar com o visual.  Assim o paisagista sabe que deve ter a máxima cautela com o terreno e as mudas iniciadas.

Irrigação é fundamental no crescimento

Para que a cerca viva cresça uniforme é preciso que elas tenham água a sua disposição, qual a melhor maneira de dar água para o paisagismo? Com a irrigação, assim você e o paisagista responsável pelo projeto irá ter a certeza que as cercas vivas também terão água uniformemente.

Irrigação para cercas vivas

5 Truques para que as cercas vivas tenham crescimento mais rápido

  1. Sem sol, elas crescem devagar. Por tanto o paisagista deve se atentar a incidência do sol antes de plantar a cerca viva.
  2. A escolha das espécies é determinante, existem plantas que formam uma barreira pouco convencional, porém muito rápida, o fórmio é uma delas.
  3. A adubação de arranque faz toda a diferença.
  4. A poda da ponteira ajuda a cerca viva a encher mais rapidamente.
  5. Novamente, irrigação faz muita diferença. Toda planta precisa de água, então com a irrigação automatizada você consegue disponibilizar água na hora certa.

Agora você já tem uma ideia como é o funcionamento das cercas vivas e até dicas de como implantar na sua residência ou condomínio. Mas frisamos que o mais adequado é contratar um paisagista que saiba muito bem sobre o assunto e é claro, não se esqueça da irrigação automatizada.

Contato irrigação

Sobre o autor

Thiago Roncato

Deixe um comentário